Fale conosco pelo WhatsApp

Lifting dos seios: o que é e como é feito?

lifting dos seios - Mulher mostrando o antes e depois da cirurgia plástica

O lifting dos seios é um procedimento que eleva as mamas e melhora o contorno corporal.

Um dos procedimentos mais comuns para elevar os seios é o lifting dos seios, também chamado de mastopexia. Essa cirurgia reverte o caimento natural das mamas, reposiciona a aréola e remove o excesso de pele e de gordura da região, fazendo assim com que elas voltem à sua posição original.

Nesse artigo, vamos explicar quando o procedimento é indicado a ser feito, como é feito e quais são os cuidados do pré e pós-operatório. Confira!

Quando é indicado o lifting dos seios?

O lifting dos seios é um procedimento cirúrgico utilizado para tratar casos de ptose das mamas. Ptose é o termo médico utilizado para indicar tudo que está abaixo da sua posição original. No caso das mamas, é quando elas ficam flácidas e perdem a nivelação.

O procedimento trata as ptoses:

  • Leves: quando o seio ainda não está muito flácido e possui pouca perda de sustentabilidade;
  • Moderadas: quando o seio possui maior flacidez, o que leva a uma maior queda visual da mama;
  • Acentuadas: quando o seio tem bastante flacidez e os mamilos ficam totalmente direcionados para o chão.

Como é feito o lifting dos seios?

O lifting de mama pode ser realizado por uma das seguintes técnicas:

  • Periareolar: a incisão é feita em toda a volta da aréola, fazendo com que ela fique levemente erguida. O procedimento é pouco invasivo e indicado para quem possui mamas não muito grandes e ptose de grau leve;
  • Vertical: a incisão na mama é um pouco maior. Ela é feita em volta da aréola e finaliza com um corte para baixo. É uma técnica um pouco mais invasiva, por isso é indicada para mulheres de seios grandes e ptose de moderada a acentuada. Ela eleva bastante os seios;
  • Âncora: nesse tipo de lifting de mama é realizada uma incisão grande, em formato de âncora, que vai da parte superior até as partes laterais e inferiores do mamilo. É a única técnica recomendada para mulheres com ptose acentuada, porque ela consegue elevar totalmente os seios.

Definida a técnica, no dia da cirurgia o médico demarca o local do procedimento. Após realizar a incisão, ele levanta e remove a pele em excesso, exceto a aréola e o mamilo. Após remover o excesso de pele, a parte superior da aréola é costurada até a parte externa da incisão, reposicionando o tecido da aréola e da mama. Se for o caso, e a paciente desejar, pode ser inserida uma prótese de silicone.

Geralmente, as próteses são indicadas quando a mama está muito flácida e com excesso de pele, porém, essa escolha deve ser feita pela paciente após receber orientação do médico, visando sempre o melhor resultado da cirurgia.

Por fim, incisão é fechada com suturas ao longo da linha média vertical e ao redor do perímetro da aréola.

Cuidados pré-operatórios exigidos para o lifting dos seios:

  • Realizar os exames laboratoriais e avaliação médica;
  • Recorrer a certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais;
  • Realizar uma mamografia de base antes da cirurgia e outra após a cirurgia para ajudar a detectar quaisquer mudanças futuras no tecido mamário;
  • Não fumar cerca de 30 dias antes da cirurgia;
  • Evitar tomar aspirina, anti-inflamatórios e medicações naturais, pois elas podem favorecer o sangramento.

Cuidados pós-operatórios do lifting dos seios:

Caso a paciente tenha drenos cirúrgicos, eles serão removidos em alguns dias após o lifting de mama. Já os pontos indissolúveis podem permanecer por uma ou duas semanas. É comum ter uma dor leve, inchaço, hematomas e até mesmo dormência próximo da aréola.

Existe uma série de cuidados que a paciente deve seguir após realizar o lifting de mama. Veja quais são eles:

  • Uso de malha de compressão para diminuir o inchaço (evitando a formação de líquido). Ela ajuda a manter a sustentação das mamas e promove conforto até o corpo cicatrizar e se adaptar ao novo formato do seio;
  • Não fazer esforço ou atividade física por, pelo menos, 30 dias;
  • Evitar se expor ao sol;
  • Não dirigir;
  • Comparecer a todas as consultas de retorno agendadas pelo médico;
  • Usar o sutiã de sustentação por todo o período indicado;
  • Não elevar os braços ou carregar peso.

Resultados do lifting de mama:

É possível notar a diferença no tamanho e no formato dos seios logo em seguida ao procedimento, mas como o corpo fica inchado por alguns dias, eles ainda não estão bem definidos. As cicatrizes são permanentes, mas ficam pouco perceptíveis com o tempo. Caso a mulher engravide, o formato das mamas pode sofrer alterações, perdendo o efeito desejado.

O lifting dos seios deixa os seios mais firmes e eretos, mas para que o efeito desejado seja alcançado, você deve se consultar com um cirurgião plástico de confiança e experiente.

Fontes:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica