Fale conosco pelo WhatsApp

Como é feita a mamoplastia sem silicone?

Mulher utiliza fita métrica para medir os seios

Entenda os motivos, benefícios e resultados desse procedimento

Hoje em dia muito se fala sobre o autocuidado, e praticamente todos os segmentos da vida podem ser melhorados ou agravados. É o caso, por exemplo, de como os indivíduos se alimentam, se exercitam, dormem, trabalham e se relacionam.

Para muitas mulheres, os seios são uma parte do corpo que pode ser um tema sensível. Questões genéticas, perda e ganho de peso, amamentação, idade ou gestação são fatores que podem causar a flacidez ou caimento dos seios, levando-as a se sentirem incomodadas.

Esse incômodo pode evoluir para graves questões de autoestima, resultando em diminuição da qualidade de vida. É necessário, portanto, que o autocuidado da mulher a leve a buscar alternativas como a mamoplastia sem silicone.

Algumas mulheres podem ter receio desse tipo de procedimento quando ele é feito com prótese/silicone. Esse medo pode ser da própria cirurgia ou de um possível resultado artificial. Por isso, hoje apresentamos a mamoplastia sem silicone.

O que é uma mamoplastia?

Mamoplastia é um procedimento que visa corrigir e harmonizar os seios da mulher. É uma cirurgia plástica que retira o excesso de pele, reposicionando os tecidos mamários e deixando-os simétricos.

Quando é recomendado o procedimento?

As mamas possuem tecido glandular e tecido gorduroso, além de ligamentos responsáveis pela sustentação e preenchimento dos seios. Naturalmente, com o passar do tempo, ou devido às questões genéticas e variações de peso corporal, ocorre a ptose mamária — que é a queda das mamas. A mamoplastia sem silicone é recomendada para corrigir a alteração, sendo necessário, porém, que a mulher tenha boa quantidade e densidade de tecido mamário para a recomendação da mamoplastia sem silicone.

Como é feita a mamoplastia?

Como dito anteriormente, as mamas possuem tecidos, gorduras e ligamentos. Em um procedimento de mamoplastia sem silicone, é retirado o excesso de pele e, se for o caso, um pouco das glândulas e do tecido gorduroso. Na mamoplastia sem silicone, o cirurgião plástico irá reposicionar os seios, deixando-os firmes e harmônicos com o restante do corpo.

Mamoplastia sem silicone ou mamoplastia com prótese?

A mamoplastia pode ser realizada sem a adição da prótese de silicone se a cirurgia for feita somente para corrigir o posicionamento dos seios. Já no caso da mulher querer aumentar o tamanho dos seios, a recomendação seria de mamoplastia com a prótese. Se a mulher não tem uma boa qualidade de tecido mamário (está atrofiado, por exemplo), o cirurgião também pode recomendar a mamoplastia com prótese para preencher os seios. Caso contrário, a mamoplastia sem silicone é uma ótima opção.

O pré e pós-operatório da mamoplastia sem silicone

Se a decisão do médico e paciente for favorável à mamoplastia sem prótese, os procedimentos básicos no pré-operatório serão:

  • Realização de exames: mamografia, exames de sangue, ultrassom das mamas;
  • Não ingerir bebidas alcoólicas pelo menos 24h antes da cirurgia;
  • Suspender o uso de anti-inflamatórios em até 2 semanas antes da cirurgia.

No pós-operatório, é necessário:

  • Uso do sutiã pós-cirúrgico;
  • Repouso: não dirigir por pelo menos 20 dias, não pegar peso e evitar levantar os braços e pegar pesos;
  • Dormir de barriga para cima;
  • Uso correto da medicação prescrita pelo médico;
  • Retorno e acompanhamento médico.

Uma mamoplastia sem silicone não é somente um procedimento estético. Ela é um autocuidado e preservação da saúde da mulher e, entre outras coisas, pode corrigir desde problemas na coluna até problemas de autoestima.

Para saber mais sobre a mamoplastia sem silicone, agende uma consulta com os profissionais da Clínica Clincer.

Fontes:

Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica — Regional Santa Catarina;

Clínica Clincer.